Páginas

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Pavilhão Japonês completa 60 anos no Parque Ibirapuera


Na tarde desta sexta-feira (29), aconteceu no Parque Ibirapuera a cerimônia solene para homenagear aos pioneiros que criaram, há 60 anos, o Pavilhão Japonês

Este belo espaço, que expressa a amizade entre os povos do Brasil e Japão, foi entregue em 1954 pela colônia japonesa para comemorar o Quarto Centenário de São Paulo, praticamente na mesma semana de abertura do Parque. 


Para celebrar o sexagenário do Pavilhão, de 30 de agosto a 27 de setembro, serão realizadas diversas atividades culturais organizadas pela Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (BUNKYO)







Dentro do Pavilhão é possível observar o lago que abriga os nishikigoi (carpas coloridas) 



Com 2,40m de altura, de aço polido e escovado e concreto enfeitado com granito, o “Espaço Espírito Japonês” é um monumento criado pelo renomado artista plástico Yutaka Toyota para marcar os 60 anos do Pavilhão
.



Monumento dedicado aos pioneiros da imigração japonesa




Serviço:

Pavilhão Japonês – Parque Ibirapuera – acesso pelo portão 10 (próximo ao Planetário e ao Museu Afro Brasil).

Funcionamento: quarta-feira, sábado, domingo e feriados – Horário: das 10h às 12h e das 13h às 17h.

Contribuição adulto: R$ 7,00, Estudante com carteirinha e crianças de 5 a 11 anos: R$ 3,50, Menores de 5 anos e idosos acima de 65 anos: entrada gratuita.

Informações: (11) 5081-7296 / (11) 3208-1755 / patrimonio@bunkyo.org.brwww.bunkyo.org.br

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Sampa vista do alto

Como cidadão paulistano devo confessar que sou apaixonado pela cosmopolita São Paulo. Durante minhas andanças, já pude constatar o quanto a cidade é cheia de contrastes sociais, geográficos e rica em diversidade cultural. A grandiosidade e complexidade veio mais à tona como fotojornalista nas alturas. Observe:















quinta-feira, 31 de julho de 2014

Sítio do Coqueiro é recanto da zona norte de São Paulo

Por falta de tempo e um pouco de relapso (confesso), fiquei alguns meses sem postar aqui no blog e, por essa razão, muitos leitores questionaram minha ausência. Para sanar tal sumiço, estou de volta com algumas imagens de minha andanças. 

O Sítio do Coqueiro é um precioso recanto paulistano, construído na década de 1920. Como área particular, está situado no Jardim Tremembé, zona norte da cidade de São Paulo. 

Um sábio pensamento do século XVII encontrado na biblioteca.  



Via principal de acesso 



Vitral do Casarão 

Estradinha de rochas e uma barreira com tronco de árvore 

Chafariz e ornamento no encosto.

Fonte leva o nome da proprietária do sítio: Maria Luiza.  

Na entrada é possível avistar o lago do sítio.

Trilha com alguns obstáculos


Passarinho flagrado no banho de chafariz. 


Fotógrafo faz pose. 

Fotógrafo também faz outra pose. 

Chafariz é o que não falta no sítio. 

No meio do caminho tinha um cogumelo. Tinha um cogumelo no meio do caminho. 

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Pão de queijo, prosa e confiança


Pense em um lugar onde ao bater à porta de uma pessoa desconhecida você é atendido, acolhido e, quando se dá conta, já está dentro da casa proseando com ela. 

No dia 4 de maio (domingo), eu e mais dois amigos (Ricardo e Sr. Paulo) soubemos que em Conceição dos Ouros, cidade vizinha à Cachoeira de Minas, há um lugar onde se fabrica um delicioso pão de queijo.
Por este motivo decidimos ir à fábrica, mas, quando chegamos em frente, estava fechada. Os moradores da região perceberam nossa busca e nos disseram que na casa do proprietário era possível comprar os tão apetitosos pães de queijo. Logo fomos ao local indicado e, parando na frente da residência, batemos palma, chamamos pelo nome do empresário. Ele não estava, mas foi aí que constatamos a fama hospitaleira do povo mineiro. Inspirando confiança, tivemos as portas da casa abertas e, já dentro da cozinha, pudemos comprar pacotes da iguaria através da acolhedora esposa do dono da empresa, Marisa Peluzo e sua sorridente filha, Maria Fernanda.

Infelizmente, essas coisas não acontecem mais em cidades como São Paulo.

Dica de Músicas Instrumentais

AQUARELA DO BRASIL - Ari Barroso - MIDI Orquestra By Daniel Figueiredo
JINGLE DA 28ª CAMINHADA DA RESSURREIÇÃO - By André Lossio & Adriana Lossio
CÉU DE SANTO AMARO - RENNO PIANO SOLO
SET FIRE TO THE RAIN - Adele Instrumental
I LOOK TO YOU - Tribute to Whitney Houston - Piano von Norbert Lang
ONE MOMENT IN TIME - Guitarrista Stephen Peters - Tribute to Whitney Houston
EU NUNCA AMEI ALGUÉM COMO EU TE AMEI - Instrumental
ROLLING IN THE DEEP - Piano & Cello
WONDERFULL WORLD - Meet Joe Black Soundtrack
SOMEONE LIKE YOU - Instrumental Orquestral Best Quality
VIVA LA VIDA - 2 CELLOS - Luka Sulic & Stjepan Hauser
ORAÇÃO AO TEMPO - Instrumental Caetano Veloso